quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Realidade sobre o Aborto

Logo que tocamos nesse assunto a questão que vem na mente é:
Você é contra ou a favor ao aborto?
Mas, antes de ter uma opinião formada procure saber mais sobre o assunto.

Vejamos algumas pesquisas, em nível mundial.
Cerca de 150 mil mulheres morrem anualmente por prática de abortos clandestinos, incompletos.


No Brasil, a média de morte materna é de 156 mulheres para cada cem mil nascimentos.

Cerca de 60% dos leitos de ginecologia no Brasil são ocupados por mulheres com sequelas de aborto.


É impossível ter dados estatísticos claros, devido à clandestinidade com que é praticado.

Mas, existem estudo da Organização Mundial de Saúde que revela cerca de 45 milhões de abortos são realizados anualmente. E desses, 20 milhões são realizados em condições inseguras e ilegais, causando a morte de mais de 70 mil mulheres por ano.

É nos países do terceiro mundo que se dão 50% dos abortos realizados no mundo.

As mulheres com condições sociais e econômicas boas, procuram as clínicas particulares, as mulheres pobres recorrem às aborteiras, chás, agulhas de crochê, tesouras, etc..

Veja o a reportagem do programa CQC sobre o assunto:





No vídeo:

Silas Malafaia foi o que mais falou merda, é cego para a realidade, não tem informações sobre o problema, e foi preconceituoso.

Regina Soares, na minha opinião, é a que tem melhor visão do assunto, ela estudou sobre o problema, ela tem melhores propostas.

O que deveria ser feito:


A despenalização do aborto, que não seja tratado como crime, que não siga acontecendo de forma clandestina, com risco de vidas para as mulheres.

As mulheres não vão abortar mais se o aborto for legalizado


pois é sempre uma experiência de sofrimento.


Na Holanda o aborto é permitido e sua incidência é de 0,5% em cem mulheres.
No Brasil a incidência do aborto é de 3,5% em cem mulheres.




___
As mulheres não abortam sozinhas... o homem que abandona uma mulher grávida, está abortando antes mesmo que a mulher.

25 comentários:

BrunoChapo disse...

Eu sou a favor, não sou cego, sei que o aborto existe seja ele legal ou não, proibir nunca foi a melhor maneira de tratar as coisas, a liberdade deve estar a cima de tudo.

@BrunoCHAPO

Anônimo disse...

É complexo packas. Na Holanda a maconha é liberada e nem por isso a juventude sai fazendo merda enquanto ta lokona..

Concordo que deveria ser regularizado, mas não é uma coisa simples assim de ser resolvido.

O povo brasileiro não tem cultura pra certo tipo de liberdades..

twitter.com/caiopapalia

BrunoChapo disse...

"O povo brasileiro não tem cultura pra certo tipo de liberdades"

Sabe porque o povo brasileiro não se da bem com liberdade?

... porque o povo brasileiro é MUITO Zé Povinho, quer cuidar demais da conta da vida dos outros!

Se cada um cuida-se da sua vida, e deixa-se em paz o que o outro quer fazer tudo seria melhor!

Carol Leena disse...

Eu nunca abortaria, mesmo porque é pecado... mas em alguns casos acho que deveriam legalizar o aborto, mesmo pq, com toda essa polemica morre um de qualquer jeito....

Anônimo disse...

algo q eu nunca faria! até pq eu so homem!!

ana disse...

Otimo!
Usarei as estatisticas para meus argumentos , muito bom

bruno disse...

As pessoas não matariam mais se o homicidio fosse liberado.

Nani disse...

Engraçado se falar no número de mulheres que morrem devido aos abortos. Mas ninguém fala no número de crianças que estão morrendo também. Sim, porque morrem muito mais crianças que mulheres (as crianças morrem em TODOS os abortos, e as mulheres morrem em alguns deles). Aos desavisados, o Aborto não é só questão de religião; é questão de humanidade, de política, de direito fundamental à vida. Engraçado as pessoas ditas inteligentes defenderem a morte, quando sua inteligência permitiria que pensassem em uma forma de evitar estas mortes - e não de aceitá-las e incentivá-las. Se o argumento é o de que "proibir não é a melhor maneira", vamos liberar tudo o que acontece escondido então: os homicídios, todas as drogas, o incesto, enfim, tudo o que o ser humano for capaz de sentir vontade de fazer. Isso, vamos liberar tudo! Mas vamos ter que aguentar as belas consequências que isso vai trazer.

O Aborto é só a saída "mais fácil" para um problema social, mas nem por isso a mais correta. É a solução mais rápida para o problema da gravidez indesejada - e é mais fácil ainda pra nós, que estamos vivos, que não fomos abortados. Os que foram, tadinhos, nunca tiveram a oportunidade de se manifestar a respeito do assunto.

Anônimo disse...

Tomara que todas as assassinas sendo em clinicas particulares ou não,morram por causa disso,mataram um inocente,é o minimo que deveria acontecer,de preferencia que logo depois do ato,morra de uma morte bem lenta e agonizante.
Pessoas que comente o aborto pra mim a vida delas não vale nada,pq não passam de assassinas e o pior do proprio filho....gente assim não merece viver de deve sofrer.
Malditas que dão e não pensam em se previnir,hj é tão facil evitar,mas prefere fazer e depois matar.

Pablo Almeida disse...

Carol Leena
Esse é o argumento mais falho que existe.
Sexo fora do casamento também é pecado, não honrar pai e mãe é pecado, apoiar ou ser conivente com relacionamento homossexual é pecado, entre tantas outras coisas que Deus considera pecado e todos fazem.
Mas eu não vejo ninguém por aí criticando pessoas que fazem sexo com os namorados e namoradas, é super normal crianças e adolescentes não honrarem os pais, o respeito ao homossexual é a cada dia maior, e a legalização está cada dia mais próxima.

Anônimo disse...

Luiz Alexandre diz:

Eu liberaria o aborto no Brasil quando fosse proibido dar uma trepada, pois o pessoal em vez de se cuidar, faz de qualquer jeito, ai quem paga o pato?? o coitadinha da criança que ja foi fecundada.
Putzzzz...
S´[o sei de uma coisa, gozar é muito bom, mas tudo que eu faço tem consequências, e as pessoas devem arcar com suas responsabilidades.

Anônimo disse...

Engraçado como as pessoas geralmente não pensam em um meio termo ... ou eh oito ou oitenta -.-'. Não sou a favor e nem contra ,pois acho que a melhor opção seria a liberação do aborto em situações de riscos ( afinal , nesses casos pode ocorrer a morte tanto da mãe quanto da criança ) ou estupros.E a proibição em casos mais banais, tipo em gravidez indesejada. ( se não queria ter filho , deveria ter pensado nisso antes de ter feito , agora é arcar com as consequencias :)

Anônimo disse...

comparar a taxa de aborto do brasil com a da holanda é muita inocencia...

Anônimo disse...

Essas vagabundas assassinas tem mais é que morrer mesmo!!!

Jesss disse...

Pimenta no cu dos outros é refresco, antes de abrir a boca para soltar tanta merda parem de serem tão mesquinhos, país de merda e de ignorantes!

Engraçado que as mesmas pessoas que são contra o aborto querem a morte das mulheres, incoerência você vê por aqui!

fernanda disse...

eu sou a favor do aborto, assino em baixo do post.
gravidez indesejada nem sempre é culpa de alguém.
eu por exemplo, tomo anticoncepcional e sempre uso camisinha. fiquei grávida.
e aí? culpa minha? culpa do meu namorado? não né.

Anônimo disse...

Para os que defendem o aborto eu tenho uma pequena colocação:
- se o aborto já tivesse sido legalizado, muitos dos que hoje se dizem a favor talvez não existissem.

samara disse...

Sabemos que o Brasil está longe de ser um País de 1°mundo...

Acho que o aborto não é algo que dê para ser visto como um bem pra humanidade. A legalização só vai decretar o fim de uma questão muitas vezes não pensada. Liberdade não seria o termo correto pra quem pode escolher...
Funciona mais ou menos assim:

Uma adolescente de 13, 14, ... anos não vai pensar duas vezes antes de fazer sexo sem se cuidar. Ou seja irresponsabilidade. Agora ficou grávida é fato que tbm não vai pensar duas vezes antes de tirar.
Quer dizer, aborto não vai ser feito somente em casos difíceis.
LIBERDADE?
Ah vá!
A sua liberdade termina onde a do outro começa.

E todos sabem que tem muiiitas formas de se cuidar. Aconteceu estupro? Po**a tem a pílula do dia seguinte. !
Tem como evitar. Agora tapar os olhos pra algo tão absurdo como isso?!


Depois dizem que o HUMANO é o único que tem capacidade de pensar, se até os animais protegem suas crias, pq o ser humano tem que ser diferente??

Como antigamente as pessoas tinha 6, 7, 8 ... filhos. A maioria trabalhava na roça e ainda sim não se pensava em aborto?! E agora que o país está melhorando, pq isso??

BrunoChapo disse...

Enfim, eu dei minha opinião com argumentos.

Essa de "Assassinato"
ou
"você esta matando uma criança"

Eu não sei, sou leigo, nem a ciência sabe dar uma resposta!
...

Mas, se for pensar dessa forma, tem muito adolescente matando crianças no ralo do banheiro!

BrunoChapo disse...

PS: E outra coisa, vocês não tem que julgar ninguém, ficar chamando fulano ou ciclano de assassino, você não é melhor que ele.

A pessoa é livre para fazer o que quiser, eu acredito e dou maior valor para a liberdade.

E digo isso em questão de tudo, Drogas ou Aborto e qualquer outro assusto.

Não é porque é liberado que todo mundo vai se drogar, ou vai abortar!

Cada caso é um caso e deve ser observado como único!

BrunoChapo disse...

MAS, é como disse alguém ai em cima:

"O Aborto é só a saída "mais fácil" para um problema social"


Eu sou a favor de legalizar MAS, isso não quer dizer que eu goste da ideia.

Eu não pediria para minha mulher abortar um filho meu e nem concordaria se ela pensa-se no caso.

__

CuLaUm disse...

Primo inteligenteee! :) tem os mesmos genes que o meu neh! kkk....

Proibir o aborto não é um crime contra a vida... A ciencia ja comprovou que soh eh considerado um ser vivo um feto a partir de 15 semanas. O aborto antes disso nao passa de um metodo tardio contraceptivo.

Nani disse...

"CuLaUm", dizer que "a ciência já comprovou" o momento do início da vida é equivocado. O que os cientistas dizem é que o Sistema Nervoso começa a se formar (primeiros vestígios) a partir da 2ª ou 3ª semana de gestação, e que a partir da 8ª semana o embrião vira feto. Se quiserem mais informações sobre isso, há muitos sites (confiáveis) na internet.

Agora, vejamos: muitas mulheres descobrem sua gravidez justamente aí: com 8 semanas (2 meses!). Ela já tem um feto dentro de si. O coração bate, o bebê reage a estímulos. Não importa o nome que queiram dar, mas abortar é, sim, matar uma CRIANÇA.

O aborto é um crime contra a vida.
A mídia tenta dar outro nome, como "interrupção da gravidez". O nome é mais bonito, mas a realidade é a mesma.

E sobre a liberdade citada em um dos comentários... vale a máxima que diz: a minha liberdade termina onde começa a do outro. Você é livre sim, faça o que quiser; mas invadir a liberdade do seu filho, o seu direito constitucional à vida, é ultrapassar o seu limite de LIBERDADE.

Day disse...

Sou totalmente contra e acho um absurdo ter pessoas que concordam com isso, não interessa se é a partir da 8° semana que o embrião vira feto, o fato é que vc estará matando, matando seu filho, tem diversos modos de se prevenir portanto o faça para não matar alguém ou se matar

Anônimo disse...

Sou convicta em não querer filhos e por isso mesmo eu não trepo porque por melhor que seja os métodos sei que terá riscos. Não preciso de sexo para viver! E me sinto orgulhosa em ter tanto controle sobre meu corpo!

Ass: Viviane.